ORIENTAÇÕES TÉCNICAS

Etanol para Limpeza do Motor

O efeito do Etanol na limpeza dos bicos injetores de combustível e válvulas é semelhante ao do obtido com a utilização da Gasolina Aditivada. Nos veículos flex que são abastecidos sempre com Gasolina Comum, recomendamos que por vezes abasteçam também com o Etanol ou mesmo Gasolina Aditivada a fim de propiciar uma limpeza de todo o sistema de alimentação, uma vez que a Gasolina Comum sempre deixa algum componente incrustado no sistema.

Etanol para Limpeza do Motor
Alterar o Tamanho das Rodas Originais

Alterar o Tamanho das Rodas Originais

Muitos proprietários aumentam o aro e pneu de seu veículo sem preocupar-se com o aspecto relacionado à segurança veicular ou mesmo a legalidade do ato, pois a modificação do veículo deve estar em consonância com o Art. 106º do CTB. Dito isso, pensando que irão ter só vantagens, esquecem que antes das alterações, devem realizar algumas contas, pois não só a estética está em jogo. O velocímetro, o sistema ABS e de tração, dentre outros, utilizam as medidas originais como referência, portanto, se o diâmetro original for aumentado, você apesar de ganhar velocidade final, perderá em aceleração, e outra, o conjunto velocímetro/hodômetro marcará menos que o real.

Quando ligados, as luzes dos faróis de milha influenciam no consumo?

Apesar da energia fornecida para este equipamento estar relacionada ao consumo da bateria, devemos nos lembrar que a bateria é constantemente carregada pelo alternador, e este necessita da ação do motor do automóvel para trabalhar. Portanto, qualquer equipamento elétrico vai gastar combustível, apesar deste consumo ser ínfimo. Podemos utilizar o seguinte parâmetro: gasta-se 0,1 litro de gasolina a cada 100 km rodados com um par de faróis de 100 W ligados.

Luzes dos faróis de milha influenciam no consumo
Estepe Temporário

Estepe Temporário

Uns são mais estreitos outros com dimensões menores que os demais pneus do veículo. Com isso, não podemos mais utilizar este para realizar a compra de três pneus quando da necessidade de troca dos quatro, contudo os ladrões de estepe estão mudando de ramo, o peso do conjunto sobressalente diminuiu por volta de 60%, o que reflete na redução do consumo de combustível e da emissão de CO2 durante toda a vida útil do veículo. Devemos prestar muita atenção na velocidade máxima recomendada pelo fabricante, pois acima dela aumenta significativamente o risco de perda do controle causando um acidente. Em média a velocidade máxima é de 80 km/h.

Cores Claras, para aliviar o calor

Este foi o título da reportagem da revista Quatro Rodas em 1987. Nela, colocaram dois Chevrolet Monza iguais - com exceção da cor - sob o sol por duas horas, a uma temperatura externa média de 31ºC. O interior do veículo preto atingiu 64ºC e do branco 55ºC.

É fato que a cor branca reflete aproximadamente 80% da luz solar, já a cor preta, apenas 5%. Resultado: se quiser um veículo mais "frio" após deixá-lo estacionado exposto ao sol, prefira cores mais claras, além de películas escurecidas nos vidros e tecido no interior do veículo, ao invés de couro.

Cores Claras para aliviar o calor
Influência da Temperatura Ambiente no Rendimento do Veículo

Influência da Temperatura Ambiente no Rendimento do Veículo

Quanto menor a temperatura, maior o volume de ar admitido na câmara de combustão. Em tese, se houver redução em torno dos 12ºC na temperatura externa, haverá aumento de potência próximo aos 5 cv. Este é um dos motivos do veículo ser mais econômico ao viajar à noite, do que durante o dia quente, pois o motorista precisa pisar menos no acelerador para manter a mesma velocidade.

Influência do Peso no Consumo de Combustível

Quanto mais pesado estiver o veículo, maior será o consumo de combustível registrado para uma mesma rota e perfil de condução. Segundo a "Argonne Lab", nos veículos compactos, há uma redução aproximada de 4,6% no consumo de combustível para cada 10% de redução de massa de um veículo. Portanto, se em um compacto tivermos uma massa de 1.000 Kg, e conseguirmos tirar passageiros, malas, etc, de modo que a redução fosse de 100 Kg, a diminuição da massa total seria de 10%, o que representaria uma redução do consumo de 4,6%. Então, um automóvel que fizesse 15 Km/l, passaria a fazer 15,69 Km/l.

Influência do Peso no Consumo de Combustível
Troca do Óleo do Motor

Troca do Óleo do Motor

Um dos procedimentos mais importantes para prolongar a vida útil de um motor é a troca correta e no tempo certo do óleo do motor. Infelizmente, algo ainda muito comum que observamos em alguns consumidores, é esquecerem de trocar o óleo do motor e esperarem a “luz de pressão do óleo” acender no painel de instrumentos para em fim realizarem a troca. Esclarecemos que a “luz de pressão do óleo” quando vem a ascender devido ao esquecimento da troca de óleo do motor, é por que existe pouquíssimo óleo no sistema de lubrificação, e isso poderá causar graves problemas no motor do seu veículo. A troca de óleo deve ser realizada no momento certo de acordo com o que preconiza o manual do fabricante do veículo e recomendamos sempre verificar a vareta medidora do nível de óleo regularmente. Antes de medir o nível, pare o veículo e espere por no mínimo 15 mim a fim do óleo do motor escorrer até o cárter. Após a troca, a vareta deve estar entre o nível máx. e mín.

Encha o Tanque só até o Automático

Nos anos 90, os veículos fabricados no Brasil passaram a ter um dispositivo chamado cânister, que é destinado a captar e reter os vapores do tanque de combustível e, eliminá-los com o envio destes para o motor. Além de expor o frentista ao benzeno, ao encher o tanque "até a boca", não observando o clique da bomba, o excesso de combustível vai parar no cânister, o que danifica o equipamento prejudicando a filtragem de vapores.

Encha o Tanque só até o Automático
Passagem em Quebra molas

Passagem em Quebra molas

A maneira correta ao passar em um quebra-molas (lombada) é: reduzir a velocidade, ao máximo, antes da chegada ao obstáculo, e, manter o trajeto normal. Não devemos passar com os freios acionados pois, provocará concentração de cargas na suspensão, e também não devemos passar com o veículo na diagonal porque a carga ficará concentrada na primeira roda que passar, o que a curto/médio prazo trará desalinhamento, isso, também, gera uma torção na carroceria que, no futuro, trará "rangidos". Mas, no caso de lombadas altas, passar na diagonal pode evitar danos ao escapamento.

Brasil 4.0

A quarta revolução industrial faz parte da realidade da nossa indústria nacional, em especial a automobilística. O desenvolvimento da automação industrial é extraordinário. As novas tecnologias são cada vez mais elaboradas a partir de novos conceitos, como: dados em nuvem, gerenciamento de big data, machine learning, etc. Tanto a fábrica da Hyundai, em Piracicaba – SP, quanto a Jeep, em Goiana – PE, a maioria das atividades dos processos produtivos são realizados por robôs. Eles fazem de tudo dentro da fábrica, dosando a força aplicada nas peças, controlando a quantidade de material aplicado no veículo, possuem a capacidade de se comunicar com pessoas e outras máquinas, etc. A eficiência do processo produtivo é fenomenal, para termos uma ideia, no processo de pintura existem medidores de fluxo, instalados nos braços borrifadores, que controlam a quantidade certa de tinta que deverá ser aplicada em cada local da carroceria. Lógico que, existe em certos processos uma interação entre o homem e a máquina, pois em algumas tarefas, os humanos ainda possuem qualidade superior à das máquinas.

Brasil 4.0 - Robôs na Indústria Automotiva
Peritos em Investigações Detalhadas de Acidentes
Avaliação e Perícia em Pernambuco – Perícias PE
Home Office
R. Jorn. Saulo Freire, 362, apto 301, Iputinga - CEP 50.670-360 - Recife/PE
periciaspe@periciaspe.com.br
(81) 3076-6518 / 98415-7236 / 99499-1640
Instagram
Criação de Site, Construção de Site, Desenvolvimento Web

Criação de Sites

Criação de Sites / Criação de Sites/ Site/ Criar Site/ Sites/ Site para empresas/ Desenvolvimento Web